Estima-se que boas práticas em ESG – Environmental, Social and Governance (ou, em português, ambiental, social e governança) devam atrair até 53 trilhões de dólares de investimento até 2025 no mundo (Consultoria Bloomberg). Este tema atual e de grande relevância será um dos destaques na programação do 14º Concred. Avançar nessa agenda é também o foco do novo programa da Confederação Brasileira das Cooperativas de Crédito (Confebras), o ProsperaCoop. 

 

Desde maio, lideranças e agentes de instituições cooperativas participaram de workshops na primeira etapa desta jornada voltada à prosperidade e sustentabilidade no cooperativismo financeiro. O próximo encontro será nesta terça, 21 de junho, começando às 15h, um momento para falar sobre conceitos de ESG e sustentabilidade. 

 

A sustentabilidade está no DNA das instituições financeiras cooperativas, e o ProsperaCoop foi criado com o intuito de incentivar o cooperativismo de crédito a se tornar uma grande vitrine no país em relação às pautas ESG. “Até pela própria essência do cooperativismo, já são desenvolvidas diversas ações focadas na preservação do meio ambiente, em uma governança ética e transparente e, também, no compromisso de gerar impactos positivos para as comunidades. Ainda assim, há muito espaço para ampliarmos essa atuação, seja valorizando as boas práticas existentes ou estimulando a criação de novas estratégias”, destaca a superintendente da Confebras, Telma Galletti. 

 

Para se engajar nesta jornada rumo a um cooperativismo financeiro ainda mais sustentável, as cooperativas têm acesso a workshops, palestras, lives, pílulas de conhecimento, cursos EAD e material didático. O ProsperaCoop conta com a curadoria da Chief Purpose Officer na Hilo Estratégia e Propósito, Claudia Leite, que tem experiência de 25 anos como executiva em Estratégia, Comunicação Corporativa, Reputação, Sustentabildade|ESG e Comercial B2C e B2B, além de ter sido a palestrante magna do 13º Concred. 

 

Programa prevê três fases até 2024 

 

Neste momento, o programa está na fase inicial chamada Comprometimento, que se estenderá ao longo de 2022 com workshops e lives, entre outras ações, que têm o objetivo de nivelar o conhecimento entre as cooperativas, por meio da apresentação de conceitos sobre ESG e sustentabilidade e de uma avaliação do panorama atual do cooperativismo financeiro no que se refere a essa pauta. Até o momento, foram realizados três encontros entre maio e junho e um quarto já está programado para esta terça. As cooperativas de crédito interessadas ainda podem se inscrever para integrar o programa totalmente gratuito, que é aberto para toda a equipe, de lideranças a técnicos e especialistas. 

 

“Os workshops realizados até agora tiveram bastante interação, com conteúdos atualizados que inspiram e trazem muitas informações sobre como a gente pode atuar de maneira estratégica. Também já construímos conteúdos do curso EaD, com uma ampla lista de tópicos que refletem muitos dos temas que estão sendo discutidos e agora estão ganhando forma para serem cada vez mais acessíveis, inclusive com a criação de pílulas que trazem recortes deste conteúdo”, destaca  Cláudia. Segundo a curadora, em breve será ampliado o calendário de lives e, também, foi selecionado um time de especialistas que são referência na sua área para conversar com os participantes. 

 

A fase seguinte é o Engajamento, previsto para 2023, que vai ajudar as cooperativas a colocar em prática todo o conhecimento adquirido, impulsionando e dando suporte na implantação de novos projetos e ações de ESG. Em 2024, será realizada a etapa Consolidação, onde serão avaliados os resultados concretos das iniciativas, a partir de métricas e indicadores definidos durante todo o processo, assim como de um ou selo ou certificação. Essa etapa final também contempla o Prêmio Concred ESG, que vai reconhecer as melhores práticas implantadas pelas cooperativas participantes. O lançamento será realizado no 14º Concred, que ocorre entre os dias 10 e 12 de agosto, em Recife (PE), e a premiação está marcada para o congresso de 2024. 

 

“É uma jornada longa e não vamos conseguir fazer isso sozinhos. A dedicação de cada sistema, cada cooperativa e de cada pessoa que faz parte deste trabalho vai ser essencial para que seja de fato um sucesso e uma realidade daquilo que o cooperativismo de crédito tem na sua essência desde a sua criação. Precisamos enaltecer cada vez mais essa gestão que é virtuosa e deixar isso cada vez mais claro, fortalecendo-a também como um diferencial competitivo”, complementa Cláudia. 

 

Serviço – Workshop ProsperaCoop 
Data/horário: 21 de junho, às 15h 
Online e fechado para inscritos 
Totalmente gratuito
 

Fonte: Confebras