Ontem à noite, na abertura do 39º Simpósio das Unimeds do Estado de São Paulo (Suesp), no Guarujá, o presidente do Sistema Ocesp, Edivaldo Del Grande, convocou as lideranças cooperativistas a agirem pelo respeito ao Ato Cooperativo na regulamentação da Reforma Tributária.

 

“Na votação da proposta de emenda constitucional, conseguimos uma grande vitória ao preservar o Ato Cooperativo da incidência de tributos. Mas a sede arrecadatória do governo faz vistas grossas ao cooperativismo nesta etapa da regulamentação. Se esse projeto de lei do governo passar do jeito que está, todo o cooperativismo será prejudicado injustamente”, alertou Del Grande.

 

O dirigente pediu união e mobilização para sensibilizar e pressionar os deputados federais. “A OCB elaborou vários materiais, que estão disponíveis no site reformatributaria.coop.br. Entrem lá. Mandem ofício para os gabinetes, marquem os deputados nas redes sociais.”

 

A mesa de abertura do Suesp foi composta pelo anfitrião, presidente da Unimed Fesp, Eduardo Chinaglia; pelo presidente da Unimed do Brasil, Omar Abujamra Junior; e pelo presidente da Unimed Nacional, Luiz Paulo Tostes; entre outros dirigentes do Sistema Unimed, além do presidente do Sistema Ocesp. A mesa também contou com a secretária executiva da Saúde do Estado de São Paulo, Priscilla Perdicaris, e o presidente da ANS, Paulo Rebelo Filho. Todos fizeram uso da palavra e ressaltaram a Unimed como referência de serviços de qualidade na saúde suplementar.

 

O Sistema Ocesp está presente nesta edição do Suesp com o estande Casa do Cooperativismo Paulista, para interação, entretenimento e um cafezinho especial. O evento continua até sábado, dia 6, com renomados palestrantes e a feira de negócios.



Teste